7.12.14

Nem antes, nem depois, apenas quando tem de ser.

E isto porque é assim mesmo que penso. E talvez por isso o poema de Paulo Coelho que acabei de ler me faça tanto sentido. Axo que é tão bonito que o vou partilhar aqui. E aproveito para o acompanhar com esta fotografia com horquídeas do meu quintal. Na minha opinião também tão bonitas.





























Tempo Certo

De uma coisa podemos ter certeza:
de nada adianta querer apressar as coisas;
tudo vem ao seu tempo,
dentro do prazo que lhe foi previsto.
Mas a natureza humana não é muito paciente.
Temos pressa em tudo e aí acontecem
os atropelos do destino,
aquela situação que você mesmo provoca,
por pura ansiedade de não aguardar o tempo certo.
Mas alguém poderia dizer:
Qual é esse tempo certo?

Bom, basta observar os sinais.
Quando alguma coisa está para acontecer
ou chegar até sua vida,
pequenas manifestações do cotidiano
enviarão sinais indicando o caminho certo.
Pode ser a palavra de um amigo,
um texto lido, uma observação qualquer.
Mas, com certeza, o sincronismo se encarregará
de colocar você no lugar certo,
na hora certa, no momento certo,
diante da situação ou da pessoa certa.

Basta você acreditar que nada acontece por acaso.
Talvez seja por isso que você esteja
agora lendo estas linhas.
Tente observar melhor o que está a sua volta.
Com certeza alguns desses sinais
já estão por perto e você nem os notou ainda.
Lembre-se, que o universo sempre
conspira a seu favor quando você possui um
objetivo claro e uma disponibilidade de crescimento.

Paulo Coelho

22 comentários:

  1. E eu acredito...mas a nossa natureza humana teima em querer tudo apressadamente.
    Adorei o poema e as orquideas.
    Bom feriado
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigada minha querida!
      Beijinho grande.

      Eliminar
  2. Olá Catarina, vou ser franca, não gosto do que o Paulo Coelho escreve. Nos poucos livros dele que tentei ler, nunca cheguei sequer a meio caminho.. Mas este poema diz tudo, é a mais pura das verdades, quando algo está para acontecer, os sinais manifestam-se. Por vezes não são claros e há que saber interpretá-los. Digo muitas vezes isto ao meu marido, que neste aspeto é muito cético. Obrigada pela partilha, pois é como te digo, nunca li nada do P Coelho que me agradasse. Bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Querida Val fico feliz por te ter mostrado este lindo poema e por teres gostado. Eu já li vários livros de Paulo Coelho, uns gostei bastante, outros nem tanto. Mas lá está os gostos não são todos iguais, e os que uns gostam muito, outros não apreciam! E felizmente no que diz respeito a livros, a oferta é tanta que quando não gostamos de um escritor, temos tantos outros que nos podem agradar:)
      Beijinho enorme minha querida!

      Eliminar
  3. Um belíssimo poema, com uma encantadora ilustração... também adoro orquídeas!
    Beijinho carinhoso, linda amiga!

    ResponderEliminar
  4. Obrigada querida! Eu também adoro orquideas, infelizmente não tenho tido grande sorte com as de interior, já com as de exterior cada vez são mais e mais bonitas.
    Beijinho enorme querida, uma boa semana!

    ResponderEliminar
  5. Não conhecia o poema. A foto está linda. que pena que depois a flor se vá.....

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Pinta! Tens razão é uma pena que a flor se vá, ainda assim as horquideas depois de apanhadas duram por vola de um mês na jarra!
      Beijinhos

      Eliminar
  6. Great blog♥

    How about follow each other?
    I follow your blog. Waiting for you♥
    My Blog: http://juliemcqueen.blogspot.com

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Hi Julie!!
      Thank you for your words!
      I will follow your blog!!
      Kiss kiss for you

      Eliminar
  7. Concordo com o titulo, e acho que muitos deveriam pensar assim (talvez não sofressem tanto).
    O poema é lindíssimo, não fosse de Paulo Coelho.

    Um beijinho e boa semana (mais curtinha! =)) ).

    http://agatadesaltosaltos.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada pelas palavras, e pela visita :)
      Beijinho enorme e resto de uma boa semana para ti :)

      Eliminar
  8. Lindo, lindo Catarina :)
    Umas boas verdades...
    Beijinhos e obrigado por nos lembrares de coisas importantes ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. De nada minha querida. As coisas boas DEVEM ser partilhadas!
      Beijinho enorme para ti <3

      Eliminar
  9. Não gosto muito de Paulo Coelho, mas isso era tudo que eu precisava ler hoje. Obrigada por compatilhar! :)

    Beijos!

    ResponderEliminar
  10. Palavras certas e eu sou das que gosta de Paulo Coelho :)
    Enviei te um email há dias
    bj grande
    Lulu

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Somos duas então,embora já tenha lido um livro dele do qul não gostei muito, mas os que gostei estão em maioria.
      Acabei de te responder ao mail.
      Beijinho enorme.

      Eliminar
  11. Engraçado, ler este texto (que desconhecia), neste preciso momento. Nada acontrce por acaso... Muito obrigada pela partilha. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que bom que gostaste Ana!
      Beijinho grande

      Eliminar
  12. Ando aqui a cuscar o teu blog de ponta a ponta e a deliciar-me com cada post!! Somos um bocadinho parecidas, sabias? :) Acho que já te disse... até um labrador temos em comum eheheh!!!

    Adorei o texto e adoro Paulo Coelho, um beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que bom minha querida, fico tão feliz por te sentires em casa (aqui)!
      Já percebi que temos muitas coisas em comum, acho que está explicada a tua chegada aqui :)
      A minha Lurdes é cruzada de labrador com boxer, é uma verdadeira princesa!

      Beijinho enorme minha querida!

      Eliminar