28.5.16

**Escolhas (felizes)**



Da minha horta para a minha mesa, é um exemplo de como se pode ser feliz nas mais pequenas coisas. Pelo menos para mim, que vejo e vivo a vida desta forma. É realmente gratificante poder ir à horta colher legumes para preparar uma refeição. Não tem preço, ao contrário do enorme sabor que tem!
Felizmente nos dias de hoje podemos fazer as nossas escolhas, e mesmo que as pessoas que nos rodeiam não as aprovem pelo menos têm o dever de as respeitar.
Já lá vão 5 meses desde que retirei por completo a carne da minha alimentação.  Resolvi fazê-lo por várias razões,  sem promessas, sem esforço, e com muita dedicação. Embora sejam apenas 5 meses sinto-me feliz com essa decisão e  o meu corpo não se têm queixado. Claro está que esta foi uma decisão tomada com pés e cabeça. Já há muito tempo que apenas comia carnes brancas, e poucas vezes, logo isto facilitou imenso a coisa. O curso de alimentação saudável vegetariana que tirei  ajudou e muito, pois deu-me as bases que precisava para que não tivesse nenhum problema a nível nutricional. Mas com toda a certeza que o mais importante foi mesmo a minha força de vontade!
Sempre gostei de ter uma alimentação saudável, e fico muito feliz por nos dias de hoje este ser um tema do qual muito se fala, e cada vez mais são os que o põem em prática. Cada vez mais há mais diversidade de coisas saudáveis e experimentar novos sabores e paladares está na moda, literalmente. Logo para quem como eu , não come carne há sem dúvidas muitas opções!  Mas atenção, eu não quero dizer com isto que para se ter uma alimentação saudável tem que se deixar de comer carne, aliás cabe a cada um decidir o que lhe faz bem. Para mim, faz sentido que assim seja, e é só isso!
Muitos são os que o fazem para perder peso mas acredito que são muitos mais os que o fazem para sentirem saudáveis. Claro que se a uma vida saudável , juntarmos o facto de manter um peso agradável, tanto melhor. Se bem que na minha opinião,  o importante mesmo é cuidarmos de nós, tendo sempre uma alimentação saudável e pôr de lado as dietas iô- iô, que apenas nos fazem sentir bem momentaneamente. Ao fazê-lo vamos certamente ter um peso mais estável, sem grandes esforços. Eu  já há alguns anos que mantenho o mesmo peso, claro que posso engordar um kilo ou outro numa altura que abuso mais, mas rapidamente volto ao normal.
Melhor que fazer as nossas escolhas, só mesmo encontrar alegria e felicidade nelas!

With love,

Catarina.

26 comentários:

  1. Estou a pensar fazer o mesmo!
    Meu filho ganhou outro estilo de vida desde que eliminou a carne da alimentação!
    Eu passo bem sem ela...por isso quem sabe um dia!
    Bj amigo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Minha querida tudo é uma questão de força de vontade. Exemplos pelo que vejo não te faltam, só tens de dar o primeiro passo!
      Beijinho grande e boa semana.

      Eliminar
  2. É isso mesmo, Catarina, encontrar alegria e felicidade no processo e não só no resultado!
    Apesar de comer pouca carne e sempre com moderação, acho que não conseguia viver sem ela. No entanto, como muito mais peixe. Felicito-te pela coragem, pela opção, sei que compensas a proteína animal com outros alimentos e se isso te faz sentir melhor e mais saudável, porque não?
    Beijinho grande, minha linda, até logo!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Minha querida só te posso agradecer pelas tuas sempre tão carinhosas palavras. Tens sempre uma palavra de incentivo e compreensão. És uma querida, e eu agradeço muito ter-te sempre por aqui.
      E tens toda a razão, se as minhas escolhas me fazem sentir melhor, porque não segui-las??!! É o que faço!
      Beijinho enorme e abraço apertadinho*

      Eliminar
  3. Sempre tão felizes as tuas palavras. Espero que um dia eu consiga manejar minha vida a ponto de me sentir assim ao olhar pra vida. Fico feliz cada vez que venho aqui. Você é um grande exemplo e inspiração pra mim!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oh minha querida muito obrigada pelas tuas palavras, nem imaginas como me deixam o coração cheio. Sinto-me realmente feliz e muito grata por saber que te faço sentir bem. É uma espécie de sensação de dever cumprido. Afinal é muito positivo quando fazemos e transmitimos bem aos outros!
      Beijinho enorme e um abraço bem apertado!

      Eliminar
  4. Concordo contigo. Pessoalmente, como carne e gosto e adoraria poder ter os meus animais para os criar e saber o que como. Mas acredito que me adaptaria bem a uma alimentação sem carne. Aliás, seguindo o meu sonho de poder comer só da minha produção, isso limitaria muito a variedade, cingindo-me a galinha e eventualmente porco e/ou cabra. Mas quando vou passar fins de semana com uma amiga que prescindiu da carne, natural e conscientemente, como tu, faço questão de comer do que ela come e adoro! E inclusivé, cozinho algumas coisas na minha própria casa, que trouxe da dela e difundo para o resto da família, sendo um dos exemplos o alho francês à brás. Enfim, estas questões da alimentação têm o seu quê de polémico. Acho que comer deve ser sobretudo uma questão de saúde e consciência. E já agora, essa saladinha tem um aspecto lindo, pelo seu colorido. Terem vindo da tua horta então, é ouro sobre azul! Beijinhos e boa semana.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Minha querida como dizes e muito bem o importante é termos consciência e saúde com a alimentação que fazemos. Até porque o que é bom para uns pode não ser para outros. Felizmente a oferta nos dias de hoje é muita.
      Esta minha saladinha para al´me do aspecto tinha um sabor maravilhoso, não há nada melhor que saber o que estamos a comer, principalmente quando são coisas plantadas por nós. Aqui só juntei sumo de limão, um fio de azeite e umas pedrinhas de sal, e ficou perfeita!!
      Beijinho enorme minha linda, obrigada pelas tuas palavras, tem uma excelente semana*

      Eliminar
  5. Gostei muito deste post, pois nos tempos que correm cada vez temos mais pessoas a abolir a carne da alimentação. Gosto mais de comer peixe e legumes, carne muito pouco mas tento comer carnes brancas. Nunca me passou pela cabeça ter uma alimentação vegetariana, mas admiro as pessoas que a passam a fazer.
    Muitos parabéns pela coragem.
    Beijinho grande e bom domingo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá querida!
      Muito obrigada pela visita e pelas tuas palavras!
      Fico tão feliz de saber que cada vez mais as pessoas se preocupam com o que comem. O importante é sentirmos-nos bem independentemente das nossas escolhas!
      Beijinho grande e boa semana*

      Eliminar
  6. Que bom que encontraste o teu equilíbrio na alimentação. A vida é feita de escolhas e na alimentação é importante que as escolhas sejam feitas conscientemente. Muitas pessoas aderem a certos tipos de alimentação, muitas vezes sem saberem no que se metem, mas tu pareces bastante informada e ponderada (com sempre, aliás).
    Eu, apesar de comer pouca carne, gosto muito de peixe e marisco e adoro ovos, por isso acho que não me daria muito bem com o vegetarianismo :) Mas gosto de fazer alguns pratos vegetarianos de vez em quando, para desintoxicar. E claro, há sempre a bela da sopa :)
    Mas é como dizes, e concordo, o que é importante é que as pessoas se debrucem mais sobre a alimentação saudável, seja ela qual for.
    Eu só acrescentava um ponto: a origem dos alimentos. Sabes bem que eu, tal como tu, me preocupo muito com a origem dos alimentos que como e é por isso que temos hortas ;)
    Aproveitei também para ler as tuas partilhas anteriores (ando atrasada nas leituras...) e uma vez mais inspiraste-me :)
    Beijinhos e uma boa semana :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Minha querida muito obrigada pelas tuas palavras, sempre tão assertivas.
      tens toda a arazão o importante é encontrarmos o equilibrio na alimentação que fazemos. Pois o que pode ser bons para uns pode não ser para outros.
      O importante mesmo é cada vez mais as pessoas se preocupam com o que comem, e isso deixa-me tão feliz!
      O ponto que acrescentaste aqui é super importante, para mim cada vez mais. Comer bem e saber o que estamos a comer é uma combinação mais que perfeita!
      Beijinho enorme minha linda, tem uma boa semana.

      Eliminar
  7. Respostas
    1. Obrigada querida, estava uma delícia também.
      Beijinho e boa semana.

      Eliminar
  8. Olá Catarina, cá para casa só compro carnes brancas e mesmo assim o meu filho com 4 anos está cada vez mais relutante em comer carne. Só quer peixe, peixe, peixe... Ele consegue na boa estar 15 dias sem comer um pedaço de carne e não pede sequer. Estou a tentar gerir e a tomar mais conhecimento de outros alimentos em substituição, mas como vivo longe dos grandes centros e desses workshops de conhecimentos confesso que por vezes fico um pouco à toa. Mas é altamente inspirador a sua opção e se se sente feliz, isso sem dúvida que é o mais importante :-) Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Joana!
      Muito obrigada pelas tuas palavras.
      Independentemente das escolhas que cada um tem o importante é que as pessoas se preocupem com o que comem, que cuidem dos seus corpos, da sua saúde física e emocional. Vejo que cada vez mais isso acontece, e nem imaginas como fico feliz com isso!
      Quanto ao facto de viveres numa zona que tem pouca formação nestes temas, não deixes que isso te condicione, felizmente todos temos Internet, e acredita que isso é uma enorme porta que se abre para qualquer caminho.
      Se alguma vez precisares de alguma coisa que eu possa ajudar, sente-te à vontade para o fazeres1
      Beijinho grande e boa semana.

      Eliminar
  9. Catarina, nem sabes como fiquei feliz com este teu post, eu não consumo carne, leite de origem animal ou queijo desde há uns dez anos, consumia peixe poucas vezes e ovos do campo bio, também não faço fritos, nem uso óleos refinados, no princípio deste ano, decidi optar pela alimentação vegetariana, uma decisão que queria tomar havia algum tempo, mas por vezes faltava coragem, hoje estou muito feliz por ter dado esse passo, apesar das conversas que isso origina à mesa com amigos ou familiares, e alguns contratempos em restaurantes. A minha decisão, quando aboli a carne foi unicamente por motivos de saúde, tem sido uma caminhada em que tenho evoluído como ser humano(a meu ver), e hoje em dia, são outros os motivos que também me movem. Tenho pesquisado imenso, sigo alguns grupos, que me têm ajudado neste caminho, digo-te que agora preparo com facilidade uma refeição saudável e completa, descobri um mundo vegetal tão rico e diverso, cada dia que passa, encontro tantas maneiras de cozinhar boas e saborosas refeições. Ainda ontem fiz umas pataniscas no forno com feijão verde e aveia integral, que foram um sucesso, sem fritar, mais saudáveis, fáceis e rápidas de fazer que as originais. Muitos parabéns pela tua decisão, beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Ana!! muito muito obrigada pelas tuas palavras!
      Pelo que disseste aqui vejo que temos uma alimentação muito semelhante, há mais de 15 anos que não bebo leite de origem animal e optei por fazê-lo também por questões de saúde. Aliás a saúde é o motivo principal para as minhas escolhas alimentares. Para já ainda só tirei a carne, ainda como peixe algumas vezes. Quem sabe um dia deixo de comer também... Um passo de cada vez e sempre com a consciência de que o mais importante é sentir-me bem com as minhas escolhas.
      Tens de partilhar a receita dessas pataniscas comigo, parecem-me tão bem!
      Mais uma vez obrigada pelas tuas palavras de alento.
      Beijinho enorme minha querida*

      Eliminar
  10. Bom dia linda
    Concordo contigo,cada um deverá fazer o que é melhor para o seu corpo, para a sua saúde.
    Estamos sempre a aprender, aindahoje lia um artigo da miss kale onde escrevia que as bolachas de arroz, a manteiga de amendoim, xarope de agave entre outros mesmo qye biológicos não são saudáveis para o nosso corpo.
    Comi ves isto te.Muito que se lhe diga.
    A escolha é mesmo de cada um.Mas tu és realmente uma previgilada pois tens uma horta e sabes o que comes.
    Tem uma Boa semana .
    Bj grande
    Lulu

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito bom dia minha querida!
      Tens toda a razão o importante mesmo, é fazermos as nossas escolhas de maneira a que elas nos tragam saúde e bem estar. Sejam elas qual forem.
      Engraçado li este teu cometário depois de ter feito um novo post aqui no blog aonde partilhei esse artigo da Miss Kale. Estamos sempre a aprender e isso é tão bom!
      Muito obrigada pelas tuas palavras minha querida, tem um excelente semana.
      Beijinho enorme**

      Eliminar
  11. Muito bem :) Quando as nossas escolhas nos fazem felizes é muito importante :)
    Eu tenho andado a mudar muitas coisas na minha alimentação, e claro, a sentir-me bem :) Com a carne para já não vejo necessidade de a deixar, com algumas escolhas, claro, até porque gosto :) Tento cada vez mais cozinhar de maneira mais saudável e isso dá-me muito gozo, poder comer o "mesmo" mas de uma maneira que não faça mal :) E com o peixe também tenho feito algumas "descobertas" :D Aqueles que "antigamente" só se fritam, as minhas experiências no forno têm sido boas ;)
    Mas claro, o importante é que nos sintamos bem e sejamos felizes :) E se assim te sentes feliz com os tuas escolhas, fazes muito bem em continuar :)
    Boa continuação minha linda nesta tua nova fase, beijinhos grandes :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Sandrinha!
      Concordo mesmo contigo, é muito importante que as nossas escolhas nos façam felizes. E isto aplica-se não só à nossa alimentação como tudo o resto da nossa vida!! Nada melhor que nos sentirmos bem na nossa pele, felizes e gratos pelo que somos!
      Fico feliz de saber que andas a ter mais cuidado com a tua alimentação, é cada vez mais importante cuidarmos de nós! Do nosso corpo e da nossa mente...
      Beijinho enorme e obrigada pela tua força e pelo teu carinho***

      Eliminar
  12. Parabéns pela tua decisão e, pelos animais, obrigada.
    Ao contrário de ti, não concordo com quem escolhe consumir carne - a partir de o momento em que tiramos a vida a outros animais, deixa de ser uma escolha pessoal, porque estamos a impactar outros. E para a nossa saúde é também muito mais saudável uma dieta sem produtos de origem animal, por isso é vantajoso seja qual for o prisma :)

    Parabéns, mais uma vez, pela escolha acertada. Beijinhos!

    Kill Your Barbies

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Nádia!
      Muito obrigada pela tua visita e pelas tuas palvras.
      Percebo perfeitamente o que dizes e tenho pena que nem todos pensem assim, de qualquer forma aceito as escolhas de cada um. Mesmo não concordando com elas.
      Beijinho grande **

      Eliminar
  13. Estás de parabéns pela tua escolha e pela determinação :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigada Joana. Beijinhos 😘

      Eliminar